'

Outubro rosa, diagnóstico precoce

20171001

Outubro rosa, diagnóstico precoce

O outubro rosa é comemorado no mundo inteiro, projetos e eventos são realizados para conscientizar a mulher sobre a prevenção pelo diagnóstico precoce do câncer de mama. A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990.

Diagnóstico precoce para grupos de risco

As pacientes de risco elevado devem iniciar medidas de autoconhecimento das mamas (autoexame) associado a exame médico a partir dos 20 anos de idade. Deverá iniciar rastreamento imagiológico, isto é, a realização de exames de imagem para o diagnóstico precoce a partir dos 25-30 anos. Esta definição de qual idade iniciar os exames depende da presença ou não de mutação genética diagnosticada nos genes BRCA 1, BRCA2, TP53 e CHEK2, bem com a idade do parente que teve câncer de mama em idade mais jovem na família. Em geral o acompanhamento médico deverá iniciar 10 anos antes deste caso mais jovem. Para as mulheres que foram submetidas à irradiação na região torácica estes exames deverão ser iniciados 8-10 anos após o tratamento (mas não antes dos 25 anos de idade).

Alertamos que o citado acima sobre exames de rastreamento se aplica à realização de exames em pacientes que não tem sintomas. Paciente com algum sintoma deverá procurar o médico e o mesmo poderá solicitar estes exames em qualquer idade a depender da história da paciente e dos achados do seu exame clínico.

Fonte: outubrorosa.org.br 

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.